Mãe não acredita em nada que estiver aqui!
Pessoas perfeitas não mentem, não bebem, não brigam, não erram e não existem.
Paulo Coelho.  (via nostalgias-surreais)
Morre Hamster:
Eu chorei porque precisava de colo, porque precisava te mostrar a minha fragilidade escondida no meu mau-humor.
Tati Bernardi.    (via sucedas)
Depois de muito tempo eu te vi chorar, lágrimas de dor na qual chegava a soluçar, e quando você já não se lembrava mais o que eram lágrimas. Eu vi a muralha em torno de você desabar em medo e dor em questão de segundos, eu te vi tão frio se derretendo em ódio Moço. Acho que finalmente cansou de finjir e gritar aos quatro ventos dizendo que era forte, cansou de se esconder atrás de certezas que nunca teve. Eu te vi chorar e me deparei com um lado seu jamais visto, era escuro e sombrio como um buraco negro. Olha só pra você, passou muito tempo remoendo mágoas passadas, passou muito tempo se remontando e se recriando a cada dia, criando si mesmo novas peças para o quebra-cabeças infinito que era você. Veja só isso, olhe bem pra você, todas essas lágrimas que você estocou atrás de muralhas que você mesmo construiu não aguentaram e toda sua estrutura cedeu. Agora fica aí jogado no chão com as mãos no rosto se perguntando o porque de todo esse sofrimento. Por que eu? Eu te vi chorar por que já não tinha mais forças se sentia um inútil, perdido e sozinho. Eu te vi chorar mas não tinha o que fazer, afinal foi você que sempre disse que sabia lidar muito bem com seus medos, e por ironia do destino, foram ele que te demoliram.
Resquícios de um trouxa fadado a solidão. (via sintoso)